Wilza Carla : De vedete ao esquecimento

2
186
views

Olá, amigo leitor! Você sabe quem foi Wilza Carla? Eu lembro demais dela. Para facilitar, lembra da “Dona Redonda”? Aí acredito que ficou mais fácil.

Acho importante relembrar a trajetória das celebridades que fizeram sucesso na década de 70. Até porque, dá para fazer uma análise do que é o meio artístico.

O que é sucesso hoje, amanhã pode não ser. O Tempo é implacável e passa para todos. Como poderíamos imaginar que uma atriz como Wilza Carla acabaria seus dias pobre e esquecida?

Nunca, né?

Então vamos conhecer ou relembrar como foi a vida e morte desta atriz. espero que gostem do conteúdo. Fiquem à vontade em comentar, curtir ou compartilhar nosso conteúdo. Vamos lá? 

Wilza Carla: O início

Nascida em 29 de outubro de 1935 na cidade de São Paulo, Wilza sofreu na infância com a ausência dos pais. Sua mãe adoecera ainda jovem e o pai por algum motivo a colocou em um colégio católico no Rio de Janeiro.

Isso marcou sua infância. Uma ausência nunca superada. Mas ela era uma estrela que em breve seria descoberta.

Aos 20 anos de idade foi convidada em frente ao Colégio Sion por Carlos Manga para atuar no filme “Chico Viola não morreu”. O que provocou sua expulsão do Colégio. Mesmo assim, escondida dos avós participou do filme.

Depois disso não parou mais de atuar. E no mesmo ano (1955) já surgiu outra oportunidade de atuar, confirmando que seu destino era brilhar.

Iniciou então sua carreira de vedete no Teatro de Revista em papéis sensuais, as chanchadas.

Chanchada, em arte, é o espetáculo ou filme em que predomina um humor ingênuo, burlesco, de caráter popular. As chanchadas foram comuns no Brasil entre as décadas de 1930 e 1960

Fato digno de registro foi que Wilza foi nos anos de 1957,1958 e 1959, rainha do carnaval do Rio de Janeiro. Aliás, ela adorava fantasias. Pelo que consta seu primeiro prêmio foi aos 11 anos de idade. Acredita?

Nos anos 70, em pleno Governo Militar ela atuou  em vários filmes de baixo orçamento. Inclusive, o mais erótico produzido no Brasil na década. (Os Monstros de Baballo)

Sua carreira não se restringiu apenas ao Brasil, atuou também em produções de Portugal. 

Seu grande sucesso na TV foi com a personagem “Dona Redonda” (como mencionado no inicio do post), na novela Saramambaia em 1976.

Sua última novela foi “a história de Ana Raio e Zé Trovão” da Rede Manchete, em 1990. Dessa ai eu lembro. E você?

Os anos 80 e 90

Durante os anos 80 foi jurada do programa Show de Calouros do apresentador Silvio Santos, de quem ficou amiga.

Aliás essa foi uma das maiores ausências que ela sentiu no fim da sua carreira. Segundo sua filha Paola: “Por causa de fofocas eles se afastaram e minha mãe sentiu muito”(fonte: G1)

Na década de 90 chegou a pesar 190 quilos. E devido a complicações na saúde, chegou a ficar internada por um ano na UTI.

Em 1994 sofreu um AVC o que somado a obesidade e diabetes deixou sua saúde muito frágil. Nestes momentos é que a ausência dos “amigos” mais doía.

A essa altura já não falava, enxergava e não andava. Nem de longe lembrava aquela bela jovem que causava admiração de tantos fãs. Veja as imagens logo abaixo.

Em 2011 passa mal e mesmo sendo socorrida na resiste.

Ela partiu mas deixou seu legado. Quer seja como Dona Redonda ou como jurada no programa do Silvio Santos, Wilza Carla ela deixou saudades.

Fotos da Vedete

 Wilza Carla : De vedete ao esquecimento Curiosidades
 Wilza Carla : De vedete ao esquecimento Curiosidades
 Wilza Carla : De vedete ao esquecimento Curiosidades

Wilza Carla entrevistada no Jô em 1988

Espero que tenha gostado do conteúdo. Não se esqueça, você pode deixar seu comentário sobre este post logo abaixo. Pode também compartilhar com seu  amigos. fique a vontade. 

Artigo anteriorTipos de drogas mais usadas nos anos 70
Nascido nos anos 70 curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar os bons momentos e fatos que marcaram época.
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Lembro da Wilza Carla na novela Saramandaia (1a. versão), na época eu era uma menina. E antigamente, quem não via o programa de calouros do Silvio Santos? Bons e velhos tempos… Lamentável como tudo terminou para ela. Acompanhei na época… Embora tenha brilhado de várias formas, o final foi triste… Lamento muito por isso…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here