Scroll Top

Assine GRÁTIS nossa Newsletter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Curiosidades

Tecnologia nos anos 70 e 80

O que foi Tecnologia nos anos 70 e 80 hoje pode até parecer engraçado mas foi graças a ela que existem hoje os equipamentos que temos no mercado. Relembre aqui algumas das novidades que marcaram época.

Estando aposentados, ou ainda a um passo da chamada obsolência, logo em seguida iremos citar alguns dos ícones de tecnologia nos anos 70 e 80 que são hoje praticamente destinados a museus.

Não existem dúvidas de que como acontece conosco, as tecnologias acabam nascendo com uma verdadeira sentença de morte anunciada, e elas sobrevivem até que outras venham a substituir e as superar.

A cada novo salto de evolução de tecnologia, deixamos aos poucos as tecnologias que nos eram caras até pouco tempo atrás, para as substituir por tecnologias mais eficientes e mais baratas.

Tecnologia nos anos 70.80

Alguns ícones da Tecnologia nos anos 70 e 80

As fitas VHS e o videocassete

O padrão de Home vídeo System acabou ganhando o mercado nos anos 80 e foi criado no ano de 1976 mais precisamente pela JVC, seu formato de gravação contava com um videocassete, o que era um aparelho que permitia toda a leitura e a gravação dos vídeos, bem como da fita magnética de ½ polegada que era movida a um sistema de tração.

Tecnologia nos anos 70 e 80

Esta tecnologia acabou inclusive perdendo a sua importância quando os lançamentos dos DVDS surgiram nos anos 90. Quem possui mais de 25 anos de idade, certamente lembra bem das locadoras de filmes, que cobravam multas por que as fitas não eram rebobinadas, ou ainda os famosos kits para limpeza dos cabeçotes.

Ao final do ano de 2008 o VHS teve a sua morte totalmente decretada, quando então o DVA, sua fabricante, acabou anunciando que iria abandonar de forma definitiva este formato.

Os disquetes e cartuchos de jogos.

Saiba que foram estes dispositivos de armazenamento dos dados móveis de usuários de informática considerados mais populares e inclusive mais problemáticos por muitas e muitas décadas. Os mais comuns no Brasil eram os disquetes de alta densidade de 3,5 polegadas, com uma capacidade de comportar 1,44 MB entre outros modelos.

Uma situação interessante e bastante curiosa é que nos primeiros disquetes fabricados de dupla densidade era preciso virar o disquete para o computador ler uma das suas faces.

Tecnologia nos anos 70 e 80

Os disquetes faleceram quando surgiram os pen drives cartões de memória e a facilidade de guardar dados também através da internet.

Cartuchos de jogos também forma exterminados, e eles eram um circuito integrado revestido de uma capa plástica que continham a rom dos jogos. Este funcionava a partir de um encaixe do circuito ao videogame, o que nem sempre era uma situação tranquila de ser feita. Mas não importava, pois eramos encantados com aquela novidade.

Gostaram do post? Deixe seu comentário e compartilhe nosso conteúdo com os amigos.

Se curtem vídeo games podem gostar deste outro post que falo sobre eles, só que dos anos 80, claro. Agora se quiserem saber como eram o celulares nos anos 70 e 80, tem outro post também.

Sobre o autor | Website

Funcionário publico, historiador e blogueiro por paixão. Nascido nos anos 70 curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar os bons momentos e fatos que marcaram época.

Gostou do Conteúdo?

Assine GRÁTIS nossa Newslleter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

    Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
    entre em contato com o suporte.