Scroll Top

Assine GRÁTIS nossa Newsletter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

cinema

Pulp Fiction

Falar de cinema e de bons filmes que se tornaram clássicos é sempre um prazer. Pulp Fiction, de Quentin Tarantino, completou 20 anos se confirmando como um dos melhores filmes dos anos 90, e um dos melhores do diretor Taratino.

Dados de Pulp Fiction

Com uma trama não linear, o filme conta três histórias diferentes que se convergem no seu transcorrer. O que dois assassinos profissionais, um gangster-chefe e sua esposa, um ex boxeador pago para perder uma luta, e um casal de assaltantes poderia ter em comum? A primeira vista  nada, mas numa boa trama tudo é possível, e foi o que a direção e roteiristas conseguiram fazer em Pulp Fiction.

Outra característica que seria a marca do diretor Tarantino foram as cenas de ação. Sangue e efeitos especiais únicos, aliás revolucionários para os moldes da época.

Filme Pulp Fiction

Um outro mérito do filme, foi o resgate da carreira do astro John Travolta, que na época encontrava-se bem acima do peso, diferentemente dos áureos anos 70. Travolta estava sendo considerado “carta fora do baralho” para o cinema, ou grandes produções. Foi convidado, topou fazer o filme recebendo um cachê insignificante para os padrões de Hollywood pela sua participação. Isso seria recompensado pelo seu retorno triunfal as telas de cinema e a valorização de sua carreira . Pulp Fiction, também teve o mérito de lançar para o estrelato Uma Thurman e Samuel L. Jackson.

Filme Pulp Fiction

Para um filme de baixo orçamento, Pulp Fiction chegou longe. Disputou o Oscar de 1995 com outras grandes produções como: Quatro casamentos e um funeral, Um Sonho de Liberdade e Forrest Gump. Não levou o prêmio que ficou com Forrest Gump, mas o reconhecimento veio do publico que fez com que o filme arrecadasse U$ 200 milhões de bilheteria em todo mundo.

Além disso, Quentin Tarantino levou a estatueta pelo melhor roteiro do ano. Dado a importância do filme, Pulp Fiction foi selecionado para integrar a biblioteca do Congresso Americano, por ser uma obra culturalmente importante. Por isso, e por outras qualidades, é hoje um clássico, ou melhor Cult.

Sobre o autor | Website

Funcionário publico, historiador e blogueiro por paixão. Nascido nos anos 70 curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar os bons momentos e fatos que marcaram época.

Gostou do Conteúdo?

Assine GRÁTIS nossa Newslleter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.