Scroll Top

Assine GRÁTIS nossa Newsletter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Fatos

Movimento pelos Direitos Civis nos anos 70

O  Movimento pelos Direitos Civis nos anos 70 tinha como objetivo de conseguir igualdade de direitos perante a lei para todas as camadas da população independente de sua origem, cor, raça, sexo e religião. Presente em todo o mundo, o movimento teve como dois de seus principais centros os EUA e a Irlanda do Norte. E é sobre este tema que vamos falar neste post.

Entenda o movimento pelos Direitos Civis nos anos 70

EUA

Movimento pelos Direitos Civis nos anos 70

O Movimento pelos Direitos Civis nos anos 70 nos EUA teve seu marco inicial em 1955, no estado do Alabama, quando a costureira negra Rosa Parks recusou-se a ceder seu lugar no ônibus para um branco e, por isso, foi detida, processada e condenada à prisão. Houve protestos e boicote ao transporte público por mais de um ano, que só foi encerrado após a lei que separava brancos e negros nos ônibus foi extinta.

Outros casos se seguiram e, em 1964, o principal líder estadunidense dos direitos civis, Pastor Martin Luther King, recebeu o Prêmio Nobel da Paz pelos seus esforços pacíficos pelos Direitos Civis e contra a segregação racial. King foi assassinado em 1968, mas sua luta foi continuada por outro Pastor nos anos 70, Jesse Jackson.

Em 1966, surgiu o Movimento Black Power (Poder Negro) e, nesse mesmo ano, surgiu o partido político dos Panteras Negras, que pregava a igualdade racial e política por quaisquer meios, inclusive a violência. Os Panteras Negras foram bastante ativos até 1975, com líderes como Angela Davis, quando começaram a entrar em decadência e o partido foi extinto em 1982.

Irlanda do Norte

A Associação pelos Direitos Civis da Irlanda do Norte (cuja sigla em inglês é NICRA) lutou pelos Direitos Civis da minoria católica naquele país, que sofria forte discriminação da maioria protestante. Em sua luta, a NICRA fazia as seguintes reivindicações:

  • Um homem, um voto;
  • Fim para a discriminação em moradias e em governos locais;
  • Fim para a influência ilegal dos protestantes nas eleições, que limitavam os votos católicos;
  • O desmantelo dos B-Specials, uma polícia sectária protestante.

O NICRA também organizava manifestações, marchas e piquetes. Seu auge foi no início dos anos 70.

Sobre o autor | Website

Funcionário publico, historiador e blogueiro por paixão. Nascido nos anos 70 curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar os bons momentos e fatos que marcaram época.

Gostou do Conteúdo?

Assine GRÁTIS nossa Newslleter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

5 Comentários

    Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
    entre em contato com o suporte.