Scroll Top

Assine GRÁTIS nossa Newsletter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Fatos

Morte de Tancredo Neves

Um dos acontecimentos mais importantes e trágicos da história política recente do Brasil foi a inesperada morte de Tancredo Neves, o primeiro presidente eleito após o final do regime da ditadura no Brasil, uma época durante a qual o País era governado apenas por militares, quando o povo não tinha o direito de escolher seus representantes e onde boa parte das “liberdades” civis eram cerceadas. Porém, antes de entender como esta morte acabou abalando e deixando um país inteiro de luto, é importante entender quem foi Tancredo Neves e a sua importância histórica.

a morte de tancredo neves

Quem foi Tancredo Neves

Antes de qualquer coisa, confesso que chorei a morte de Tancredo Neves, creio que  todos, ou quase todos, de nossa geração sentiram muito a morte dele. A final era o simbolo de uma nova era que estava ali representada. Vejam agora um pouco da trajetória deste homem chamado Tancredo Neves.

Tancredo Neves nasceu em São João Del-Rei, em Paulo. Formou-se em direito, atuando como advogado, e também como empresário, mas acabou se envolvendo com a política muito cedo na sua vida. Acabou conseguindo se tornar governador do estado de Minas Gerais, além de ter sido Primeiro-Ministro, Ministro da Justiça e Negócios, Ministro da Fazenda, deputado estadual e deputado federal.

Tancredo Neves estava no governo quando convenceu o então presidente do Brasil, João Goulart, a instalar o parlamentarismo como regime político do país, como uma das tentativas de tentar evitar um golpe militar que já começava a ser desenhado. A manobra acabou não dando certo e, três anos depois, os militares assumiram o governo.

Combate à ditadura

 

Durante os anos de chumbo, Tancredo Neves acabou se tornando líder de um dos partidos criados no Brasil, o MDB. Com isso conseguiu se manter ativo no cenário político brasileiro, mesmo com os militares mandando e desmandando em todas as questões nacionais. Foi um dos articuladores dos movimentos de resistência à ditadura.

Quando os militares começaram a dar sinais de enfraquecimento no poder, acabou surgindo como uma das opções para suceder o governo que comandava o País até o momento. No ano de 1984 o Senado Brasileiro rejeitou as eleições diretas para presidente, mas mesmo assim Tancredo Neves conseguiu vencer as eleições no colégio partidário, mesmo que a maioria dos integrantes fosse favorável ao regime.

A morte de Tancredo Neves

velório de tancredo neves

Imagem CPDOC FGV

A posse de Tancredo Neves como presidente do Brasil não representava apenas uma mera mudança política no Brasil, mas toda uma mudança de rumos no País, que vivia até então os seus piores anos na opinião da maioria da população e da opinião pública. Mas a tão esperada posse do presidente que seria o marco do final da ditadura no Brasil acabou não acontecendo.

No dia 14 de março, pouco antes de ele assumir o seu cargo como Presidente da República, Tancredo Neves teve que ser levado às pressas para o Hospital de Base, em Brasília. Tancredo vinha sofrendo com fortes dores abdominais dias antes da posse, mas tratou de esconder isso de todos para não prejudicar a transição do Governo. Ele queria esperar ser empossado como presidente antes de submeter a qualquer tipo de intervenção.

Porém, o quadro se agravou, e no hospital foram seis intervenções cirúrgicas. Tancredo morreu no dia 21 de abril, vítima de diverticulite. Até hoje a causa da sua morte ainda gera uma série de polêmicas. Muitos acreditam que Tancredo teria sido envenenado.

O anúncio da morte de Tancredo Neves causou um grande pesar na população inteira, e muitos pensaram que os militares voltariam ao poder, mas, na ocasião, uma articulação política conseguiu Sarney como Presidente da República, que preparou o país para começar a escolher o seu presidente através das eleições diretas. Vejam o vídeo do anúncio da morte de Tancredo (AQUI).

Sobre o autor | Website

Funcionário publico, historiador e blogueiro por paixão. Nascido nos anos 70 curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar os bons momentos e fatos que marcaram época.

Gostou do Conteúdo?

Assine GRÁTIS nossa Newslleter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

    Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
    entre em contato com o suporte.