Scroll Top

Assine GRÁTIS nossa Newsletter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Curiosidades

Livros mais lidos nos anos 70

A década de 70 foi umas das mais agitadas de toda a história, geração Beet, hippies, contracultura, discotecas, revolução sexual, liberdade, enfim, dá para listar um montão de fatos incríveis que ocorreram na década de 70.

A área cultural e, especificamente os livros, claro que não ficaram de fora, vamos falar de alguns dos livros mais lidos da década de 70, para vocês matarem a saudades e quem sabe não começar a ler ou reler alguns desses clássicos eternos.

Livros mais lidos nos anos 70

Conheçam os livros mais lidos nos anos 70:

  • O tempo e o vento, de Erico Verissimo: Não tem como falar de livros da década de 70 sem falar do grande escritor e poeta Erico Verissimo, aliás, a família é ótima, porque o Luis Fernando Verissimo também é excelente. O tempo e o vento é uma serie literária, composta por três livros, dividido em O Continente (1949), O Retrato (1951) e O Arquipélago (1961), as quais contam quase toda a história do sul do pais. É considerada por muitos a obra definitiva do estado do Rio Grande do Sul e uma das mais importantes do Brasil.
  • O poderoso chefão, de Mario Puzo: Não é preciso falar muito dessa obra magnifica, que se transformou nas mãos do gênio Francis Ford Coppola em três filmes que mantiveram o padrão de qualidade da obra. Todo mundo conhece a saga do Don Vito Corleone e de sua família, um clássico da literatura mundial e uns dos melhores livros de máfia de toda a história.
  • O pêndulo do relógio, de Charles Kiefer: O gaúcho Charles Kiefer ficou marcado em sua carreira por essa belíssima obra. O pêndulo do relógio conta a história de um camponês perante uma vida outrora mais simples, os desafios de um tempo que não é o dele e por fim, um sistema opressivo com o qual não sabe lidar. Uma obra prima, que vai te deixar angustiado e apreensivo a todo momento.
  • As veias abertas da América Latina, de Eduardo Galeano: Não poderia falar dos livros mais lidos da década de 80 e esquecer dessa obra prima, para quem quer entender a América Latina, para quem quer conhecer um pouco mais dos países latinos, para quem quer sair do senso comum quando se fala em populismo e subdesenvolvimento dos países latinos. As veias abertas da América Latina, do uruguaio Galeano, é um livro obrigatório, quando eu o li, na faculdade, revolucionou o meu pensamento, é algo impressionante.

Agora que você já conhece alguns dos livros mais lidos nos anos 70, que tal colocar a sua biblioteca em dia e começar a leitura desses verdadeiros clássicos. E para quem gosta de Clarice Lispector, tem outro post que conta sua trajetória como mulher e escritora, aqui mesmo no Blog.

E é claro, deixem seu comentário, curtam e compartilhem nosso conteúdo. Abraços.

Sobre o autor | Website

Funcionário publico, historiador e blogueiro por paixão. Nascido nos anos 70 curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar os bons momentos e fatos que marcaram época.

Gostou do Conteúdo?

Assine GRÁTIS nossa Newslleter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

    Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
    entre em contato com o suporte.