Scroll Top

Assine GRÁTIS nossa Newsletter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Curiosidades

Gírias do passado bom a beça!

Cada época tem seus símbolos, musica,arte, dança… Enfim vários ou várias características que ao serem revistas remetem àquela época. Uma delas, a que irei relatar é justamente uma das que menos nos atemos, as gírias do passado.

Com o passar do tempo ocorreram mudanças em tudo ou quase tudo, do cabelo as roupas, do gosto musical a forma de cortejar uma garota. A forma de falar e expressar do jovem evoluiu. As gírias que se ouvia tanto antes, hoje são peça de museu.

Uma prova de que a língua portuguesa está mais viva do que nunca e que sempre estão surgindo novas palavras para expressar, sentimentos, nominar novos objetos, e assim por diante.

Gírias do passado e seu significado

gírias do passadoLembrando que,  gíria é um vocabulário especialmente criado por um determinado grupo ou categoria social, com o objetivo de servir de distinção do resto da sociedade, excluindo assim os indivíduos externos a esse grupo, uma vez que costuma resultar numa linguagem não usual aos demais. As Gírias do passado tinham também essa característica

Abaixo temos uma tabela gentilmente nos cedida para compartilhamento, pelo Portal Só Português, que aliás vale a pena uma visita. Na tabela temos algumas gírias do passado e seu significado. Aos mais jovens com suas gírias atuais, pode parecer outro idioma, mas no passado ser “descolado” era falar assim “Mora!” Além destas na tabela se lembram de alguma outra gíria antiga do passado? Comente. Abraços e até breve.

Tabela de gírias do passado

Gíria
Significado
À beçaPra caramba
BacanaBom, bonito
BaratoExcelente
Barra limpaFora de perigo
BatutaAlgo ou alguém legal
BecaRoupa elegante
BichoAmigo
Boa pintaPessoa de boa aparência
BodeConfusão
BorocoxôTristinho
Botar pra quebrarCausar, acontecer
BrotoMulher jovem e atraente
BulhufasAbsolutamente nada
CafonaFora de moda
CarangoCarro
CaretaPessoa conservadora
ChapaAmigo
Chato de galochaPessoa muito irritante
ChocanteLegal
Dançou!Perdeu!
Dar no péIr embora
De lascarSituação complicada, difícil
Do arco da velhaAlgo antiquado
DondocaMulher da alta sociedade
É fogo!É difícil!
Estourar a boca do balãoArrasar, extrapolar
FichinhaAlgo fácil
GamadoApaixonado
GriladoPreocupado
Ir na ondaAcompanhar
JoiaLegal
PãoHomem bonito
PatavinasAbsolutamente nada
PatotaTurma, galera
Pé de valsaIndivíduo que dança bem
Pega leve!Devagar!
PindaíbaSem dinheiro
PintarAparecer
Pode crer!Acredite!
Pombas!Expressão que denota surpresa ou indignação
Pra frenteModerno
QuadradoConservador
Sacou?Entendeu?
SerelepeAlegre
Supimpa pra dedéuAlgo muito legal
TransadoCom visual bonito, moderno
TraquinasCriança aprontona
TutuDinheiro
Um estouro!Algo grandioso
Xuxu beleza!Tudo bem!

 

Sobre o autor | Website

Funcionário publico, historiador e blogueiro por paixão. Nascido nos anos 70 curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar os bons momentos e fatos que marcaram época.

Gostou do Conteúdo?

Assine GRÁTIS nossa Newslleter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. Helena Dias disse:

    Se pararmos para perceber, muitas gírias dessa época ainda são utilizadas hoje. Eu, inclusive, uso diversas delas, como xuxu, pode crer, patavinas, supimpa e etc. (rsrs). Gosto delas e, alguns amigos também usam!! Por influência minha, confesso… rsrsrs

    Adorei a matéria. Parabéns!!
    Beijos!!

  2. Luiz Cavalcante disse:

    As gírias ganharam força nos anos 60, exatamente por conta da turma da Jovem Guarda. Aliás Você poderia postar algo sobre Roberto, Erasmo e a nossa Ternurinha Wanderléa, que inclusive no auge dos seus 68 anos, está aí em plena forma e beleza contrariando o que disseram há 45 anos atáz que Wanderlea em 2000, estaria velhinha fazendo tricô. Gosto demais dela.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.