Fim da Banda Ira

É sempre bom falar do que gostamos. Quando vou falar de de rock nacional dos anos 80 então, é um prazer enorme. Sempre gostei. E a banda que era uma das minhas favoritas sempre teve seus altos e baixos. Não na qualidade mas no relacionamento difícil entre os integrantes, falo da banda Ira, aquela mesmo do Wolverine brasileiro. Com o fim da Banda Ira, um vazio ficou no rock nacional.

 Fim da Banda Ira Musica A banda Ira, depois de um tempo de pausa em sua carreira, voltou com tudo em 2014. Ira é uma banda de rock brasileira formada em 1981 e anunciou seu fim em 2007, retomando a carreira agora em 2014. O nome da banda foi inspirado no Exército Republicano Irlandês, e era composta por Edgard, Nasi, Fabio Scatone e Adilson..

O primeiro disco foi gravado dois anos depois pela Warner e contava com as músicas “Gritos na Multidão” e “Pobre Paulista”. Em 1985, o Ira! ganhou um ponto de exclamação ao nome e gravou seu primeiro LP intitulado “Mudança de Comportamento”, com 11 faixas.

O segundo LP veio no ano seguinte e foi lançado em setembro trazendo os grandes sucessos da banda “Envelheço na cidade”, “Vitrine Viva”, “Pobre Paulista” e “Gritos na multidão”. O grande reconhecimento da banda Ira veio com a música “Flores em Você”. A música entrou na trilha sonora de uma novela da Rede Globo, e o disco alcançou 200 mil cópias vendidas.

Depois disso vieram álbuns como “Psicoacústica”, “Clandestino” e “Meninos da Rua Paulo”. Em 1994, Ira! lançava seu sexto disco chamado “Música Calma para pessoas nervosas”, encerrando a parceria com a Warner.

 Fim da Banda Ira Musica

Em 1995 a banda Ira iniciou com outra gravadora a Paradoxx, lançando o disco “7” e, em 1998, veio o álbum “Você não sabe quem eu sou”, que veio a receber o prêmio “Melhor produção de Rock” da Associação Paulista de Críticos de Arte. Depois disso o grupo migrou para a Abril Music e, em 1999, a banda lançou o álbum “Isso é amor” com participações especiais, e recebeu prêmios.

A carreira do Ira! não parava de crescer. Nos anos 2000, a banda mudou novamente de gravadora e lançou o “Ao vivo na MTV” comemorando os vinte anos de sucesso da banda. Esse álbum alcançou a marca de 160 mil cópias, além de 21 mil cópias para o DVD. Na mesma época, a banda se apresentou no Rock in Rio com um recorde de público de 250 mil pessoas. No ano de 2001, um novo álbum foi lançado trazendo músicas inéditas.

Já em 2004, foi a vez de lançamento do álbum “Acústico MTV” trazendo sucessos como “Dias de Luta”, “Envelheço na Cidade” e “Núcleo Base”, além de outros sucessos e também faixas inéditas. O disco contou com participações especiais de Samuel Rosa, do Skank, e Pitty. O disco superou 250 mil cópias vendidas, e sua turnê durou dois anos, e passou por todo o Brasil.

Inicio e fim da banda Ira

 Fim da Banda Ira Musica

A banda lançou um novo disco em 2007 chamado “Invisível DJ” e foi o último da banda. Em setembro do mesmo ano, algumas brigas entre os integrantes e com o empresário resultaram na saída de Nasi e logo depois anunciaram o fim da banda Ira. Depois disso, cada integrante seguiu projetos independentes. Aí teve um ponto final a banda Ira. Ou pelo menos uma vírgula.

RECOMEÇO

Para quem, como eu, viu o fim da banda ira foi um alívio ver que em 2013, os integrantes reconciliaram-se e decidiram voltar com a banda. A nova formação da banda ficou com Daniel Rocha no baixo, Evaristo Pádua na bateria, Jhonny Boy nos teclados e violão, além de Nasi e Edgard. Uma nova turnê intitulada Núcleo Base teve início em maio de 2014, e teve shows por todo o Brasil. Tomara que o  retorno seja mais duradouro, pois uma legião de fãs não querem saber de divergências por motivos que podem ser: vaidade, ganância ou arrogância. Que seja apenas a Banda Ira .

Site: Mundo Ira e Ira oficial

Você pode gostar também:

Surgimento do rock Psicodélico nos anos 70

Para os fãs do Punk Rock

ACDC vamos curtir Rock

Conte aos amigos sobre esse post!

Publicidade

Você pode gostar também

Sobre o autor: Eli Braz

Olá me chamo Eli e nasci nos anos 70. Curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar e compartilhar os bons momentos e fatos que marcaram época. Espero ser útil a todos com minha pesquisa e escrita.

2 Comentários

  1. Pingback: Músicas dos anos 80, melhores discos. – RADIO FLASHBACKTOTTAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares