Scroll Top

Assine GRÁTIS nossa Newsletter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

TV

As aventuras de Snoopy

Amigos compartilho com vocês as lembranças de um dos desenhos mais emblemáticos de todos os tempos. Quem não se lembra de: as  aventuras de Snoopy? Há que desenho! Aquele cachorrinho cheio de personalidade e sonhador, Charlie Brown “minduim” , Lino, Patty Pimentinha, Marcie e companhia. São muito legais. Com histórias que nos mantinham presos do inicio ao fim. Eu adorava os episódios de Natal.

Vivendo as aventuras de Snoopy

as aventuras de snoopy 3

Nossa geração teve o privilégio de poder ver o desenho. Talvez hoje ele teria dificuldade de figurar em alguma grade da TV aberta. Não sei nos canais pagos. Mas além de ser um desenho criativo tem conteúdos que merecer reflexo. Comecemos pela sua criação. Os  quadrinhos foram criados por Charles Schulz (1922-2000),  sendo lançado em 1950.

O início

as aventuras de snoopy

Por dois anos o cãozinho era um personagem silencioso, só depois os leitores passaram a ler seus pensamentos.  Ele andava sobre as quatro patas, depois passou a andar como humano. Foram mudanças que só trariam mais sucesso ao personagem (imagem acima). Algumas características são marcantes no Snoopy, vamos  a algumas delas:

A história da tira retrata o mundo de Charlie Brown: “um menino adorável que se preocupa com o sentido da vida e que por vezes é incompreendido por seus amigos” (SCHULZ, 2007, p. 5). Ele é muito inteligente e sonha em formar seu time de Beisebol. Charlie Brown é dono de Snoopy, “um beagle-escritor de muita imaginação, um escoteiro que adora biscoitos de chocolate e que é amigo de Woodstock, um delicado passarinho amarelo que fala uma língua que só Snoopy entende” (SCHULZ, 2007, p. 5).

Trecho do trabalho do Mestre em letras de Alex Caldas Simões. Continue lendo é muito interessante.

Podemos acrescentar que o Snoopy tem o complexo de Walter Mitty (foi assunto para um filme, leia), um sonhador nato, que vive se imaginando em situações das mais inusitadas. Como aquela em que é um aviador lutando com o Barão Vermelho, detalhe seu avião é sua casinha, em que insiste em dormir sobre e não dentro dela. Com relação a ser um sonhador o criador justifica:

as aventuras de snoopy

Schulz, numa entrevista em 1997, disse o seguinte acerca do carácter do Snoopy: “ele tem que sair do seu mundo de fantasia para sobreviver. Por outro lado, se assim fosse ele levaria uma vida miserável e aborrecida.” (Fonte Wikiplédia)

O oposto de Snoopy é o Charlie Brown, menino que vive muito no mundo real, sofrendo com todas as consequências. Vejo ai alguns sinais de bowling   que Charlie sofre por ser diferente. Não sei se concordam. Mas de qualquer forma é um espetáculo a parte ver a relação entre os dois amigos, que nem de longe é de cão e dono. Não  há qualquer  subordinação entre eles. 

No mais é pura diversão, com conteúdo de contribui para o crescimento, deixando o gostinho de quero mais no final de cada episódio. Tem até uma página bem legal no Facebook chamada Tiras do Snoopy. Vale a pena curtir. No mais abraços, e se gostaram podem curtir ou deixar seu comentário logo abaixo. Será que faltou algo?

Videos legais

[youtube]http://youtu.be/LR4VEMi5LJs[/youtube]
Esse episódio é muito legal. Confiram:
[youtube]https://youtu.be/UbwQQwI9hJs[/youtube]

Sobre o autor | Website

Funcionário publico, historiador e blogueiro por paixão. Nascido nos anos 70 curti toda minha adolescência nos anos 80 e 90. Agora gosto de relembrar os bons momentos e fatos que marcaram época.

Gostou do Conteúdo?

Assine GRÁTIS nossa Newslleter e fique atualizado. Não esqueça de confirmar sua inscrição quando solicitado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.